Recursos

O que é uma competência-chave – empreendedorismo?

Sentido de iniciativa e empreendedorismo referem-se à capacidade de um indivíduo transformar ideias em ações. Inclui criatividade, inovação e a tomada de riscos, bem como a capacidade de planear e gerir projetos para alcançar objetivos. Isto apoia os indivíduos, não apenas na vida quotidiana, em casa e na sociedade, mas também no local de trabalho, conscientes do contexto do trabalho e capacidade de aproveitar oportunidades, e é a base de competências e conhecimentos mais específicos para estabelecer ou contribuir para a atividade social ou comercial. Isto deve incluir a conscientização dos valores éticos e promover bom governo.

Conhecimentos, competências e atitudes essenciais relacionados com a competência do empreendedorismo:

O conhecimento necessário inclui a capacidade de identificar oportunidades disponíveis em atividades pessoais, profissionais e/ou de negócios, incluindo questões de “panorama maior” que forneçam o contexto em que as pessoas vivem e trabalham, como uma ampla compreensão do funcionamento da economia e oportunidades e desafios enfrentados por um empregador ou organização. Os indivíduos também devem estar cientes da posição ética das empresas e de como estas podem ser uma força do bem, por exemplo, por meio do comércio justo ou por meio de empreendimentos sociais.

As competências relacionam-se com a gestão proactiva de projetos (envolve, por exemplo, a capacidade de planear, organizar, gerir, liderar e delegar, analisar, comunicar, interrogar, avaliar e registrar), representação e negociação eficazes e a capacidade de trabalhar como indivíduo ou em equipas. A capacidade de julgar e identificar os pontos fortes e fracos, avaliar e assumir riscos conforme e quando justificado, é essencial.

Uma atitude empreendedora é caracterizada pela iniciativa, pró-atividade, independência e inovação na vida pessoal e social, assim como no trabalho. Também inclui motivação e determinação para atingir objetivos, quer seja pessoais ou comuns a outros, inclusive no trabalho. As competências essenciais para a aprendizagem ao longo da vida – O Quadro Europeu é um anexo da Recomendação do Parlamento Europeu e do Conselho de 18 de Dezembro de 2006 sobre as competências essenciais para a aprendizagem ao longo da vida publicado no Jornal Oficial da União Europeia em 30 de Dezembro de 2006. L394.

NÍVEL5

O VESVET faz uso do sistema LEVEL5, que é especificamente projetado para avaliar a evolução de competências pessoais, sociais e organizacionais em contextos de aprendizagem não-formais e informais. Baseia-se em uma abordagem tridimensional para validar resultados de aprendizagem, cognitivos, afetivos e relacionados à atividade – o cubo LEVEL5. LEVEL5 é um processo de aprendizagem holística que beneficia o aluno, os formadores/professores e as empresas de estágio.

Para mais informações sobre o sistema de LEVEL5, consulte a rede REVEAL que visa promover, visualizar e validar a aprendizagem informal e não-formal.